sábado, 3 de novembro de 2007

COLEIRAS DE CHOQUE

Coleiras de choquePoucas ferramentas de adestramento são mais polêmicas do que as coleiras de choque. Neste artigo Rossi discute seu uso.
“Utilizar coleira de choque num animal é coisa para torturador...” É isso que muita gente pensa. Já houve usuários de tais equipamentos que ficaram conhecidos no bairro por “eletrocutar” seus cães. Diante de pressões desse tipo, parte das pessoas desiste de adotar coleiras de choque para educar os cães. Outra parte as usa apesar da imagem extremamente negativa. Muitos, ainda, gostariam de saber mais a respeito. Por isso, procuro esclarecer aqui as vantagens e desvantagens da coleira de choque e quais cuidados devem ser tomados em seu uso.
Nomenclatura e tamanhos
Várias empresas se especializam em produzir coleiras de choque. Atualmente são lançados dezenas de modelos desse acessório por ano. Na tentativa de atenuar a imagem negativa da coleira, os fabricantes procuram não chamá-la de coleira de choque, como é conhecida, e sim de coleira eletrônica, coleira de eletricidade estática, coleira de estímulo elétrico, etc. Diminuir o tamanho da coleira para ela ficar menos óbvia e chamar menos a atenção de outras pessoas é mais uma estratégia que começou a ser adotada, segundo Doug Grindstaff, responsável pelo marketing da maior empresa de coleiras eletrônicas.
O choque
Existem vários tipos de choque, desde os mais fracos que somente causam uma sensação estranha, um desconforto, até os que causam dor. São punições que funcionam quando aplicadas em cães. Existem vários fatores que regulam a “intensidade” e a periculosidade do choque. A solução caseira de conectar a fiação diretamente na tomada, sem ter conhecimento sobre eletricidade, pode produzir choque capaz até de matar. Já quando o choque é gerado por eletricidade estática, costuma ter voltagem alta e pouquíssima corrente elétrica, o que evita qualquer perigo. É o que acontece com as coleiras eletrônicas. São totalmente seguras, apesar de terem voltagem alta, porque usam corrente baixíssima. Modelos modernos permitem regulagens que aumentam e diminuem a intensidade dos choques. O menor nível é difícil de ser percebido, tanto por cães quanto humanos (é, eu testei em mim!). Já o nível maior causa um mal-estar terrível, apesar de também não haver perigo físico. Experimentei-o, dei um berro, um pulo para trás e não quis repetir a experiência!
Punição poderosa
Várias características tornam a coleira de choque uma “punição ideal”. Tanto por ser regulável, permitindo ajustar o choque de acordo com a sensibilidade do animal, como por poder puni-lo sem ser visto (coleira de controle remoto) e até sem estar presente (coleira antilatido). Quando a punição é dada no exato momento em que o cão pratica a ação indesejada, ele associa mais facilmente o mau comportamento a algo desagradável.
Ter critério
Punições aplicadas sem critério, por pessoas sádicas ou sem noção de psicologia ou de comportamento animal, podem provocar danos psicológicos irreparáveis nos animais, entre eles traumas e comportamentos compulsivos. Tudo isso com um simples aperto de botão de controle remoto!
Respeitar o animal
As coleiras de choque costumam ser tão eficientes que alguns proprietários as adotam para restringir diversos comportamentos do cão, sem se preocupar com as necessidades dele. Por exemplo, o cão que, por latir, conseguia atenção ou acesso à casa pode ficar esquecido no canil depois de uma coleira de choque ser posta nele.
Também há pessoas que, pela praticidade desse tipo de coleira, passam a adotá-la para tudo que desejam coibir o animal, optando por punir em situações em que seria possível ensiná-lo com recompensas e elogios. Na minha opinião, devemos procurar educar nossos animais com o máximo de reforços positivos e recompensas. Com o uso dessa técnica, os cães sentem mais prazer em obedecer. E os donos, por sua vez, treinam a si próprios para perceber melhor quando seus cães se comportam bem. Podem, assim, recompensá-los com mais eficiência. Ótimo para quem, além de querer ter um cão melhor, deseja também se tornar uma pessoa melhor!

Saber usar
Existem diversas “ferramentas” que podem nos ajudar a educar e a ensinar nossos cães. Na maioria das vezes, não é a ferramenta que é boa ou cruel e sim o modo de usá-la. Se uma coleira, por exemplo, pode servir para impedir o cachorro de sair de perto de você durante um passeio, pode também ser usada para enforcar o cão que fez algo indesejado, levando-o até mesmo a desmaiar, prática comum entre alguns grupos de esquimós.

12 comentários:

Guilherme Moreira disse...

Gostaria de saber onde eu posso comprar uma coleira eletronica com controle remoto. Procurei muito pela internet e não encontrei. No mercado livre só há anti-latido, mas não é esse o meu propósito. Se for possível responda-me via e-mail: gui.moreira@gmail.com
obrigado,

Guilherme

Anônimo disse...

Faz um bom tempo que também, estou procurando estas "COLEIRAS DE CHOQUE" ou eletronicas, com controle remoto. onde posso encontrar?
juniorrockrocha@ig.com.br

Junior

luiz disse...

Gostaria de saber como compra uma coleira choque para usar em meu cachorro, que não pode ver meu filho de 08 anos e quer atacar.
Luiz Alberto
Email luizp.christo@gmail.com

joao disse...

gostaria de saber onde e como comprar essa coleira de choque com controle para cão de porte pequeno.
Agradeço se puder me ajudar.Moro em Fortaleza -Ce.
meigafacundo@oi.com.br.

Natu disse...

Gostaria de saber onde e como comprar essa coleira de choque com controle para cão de porte pequeno.
Agradeço se puder me ajudar. Moro no Rio de Janeiro.
Nelson

Natu disse...

Meu email: nelsonfaier@yahoo.com.br

Rose disse...

Gostaria de saber se essa coleira funciona em situações onde o cachorro não pode ver outro cão, até dentro do carro. Tenho uma Dogue de Bordeaux totalmente antisocial com outros cães. roselopesvalsecchi@ig.com.br
Obrigada

Mirele disse...

Olá, sou proprietária de uma petshop e tenho um cliente que já tentou de tudo para resolver os problemas de seu cão da raça beagle, são pessoas muito cuidadosas e tenho certeza que adoram seu animal, mas já tiveram que se mudar 3 vezes por importunar os vizinhos com latidos do cão quando fica sozinho, fui questionada por eles sobre a coleira anti-latido com choque porque eles tentaram a sem choque e não funcionou. Gostaria de saber mais informações, marcas disponíveis, se é realmente uma crueldade, alguma alternativa para ajudá-los com o caosinho.

Regina Soares disse...

Quero deixar aqui somente um alerta. Não sou dona da verdade. Você usaria uma coleira de choque em seu filho? E em você mesmo? Punição por incômodo vc já merece um choque, pois essa sua ideia me incomoda. Percebeu? Pense antes de comprar.

Anônimo disse...

Regina eu pensava igual vc...achava um absurdo essas coleiras...Mais quando não nós resta mais opção acabei me obrigando a passar por cima do que eu pensava! Adotei uma cachorrinha há 2 anos e meio sempre tratei igual uma bebê lhe dando amor,carinho,atenção e tudo que tipo de regalhia talvez pode trr sido ai que errei....ela sempre foi muito ansiosa e ativa...sempre lhe ensinei o certo e o que é errado porém a bicinha adora aprontar destroi tudo por prazer.. e começou a latir até pra propria sombra...e só piora não podemos sair de casa que ela late até nós voltar...canil é enorme com casinha da barbie e tem ate jardim pra ela e nunca consegui colocar ela dentro ...adotei outra pra fazer companhia no começou melhorou só que agora está super pior ....não sei mais o que faço e vi nessa coleira talvez minha ultima solução de ela se controlar um pouco faz dois dias que chegou e da uma dó quando ela ganha um choquinho mais minha esperança que funcione .. :*

Dr.marcos disse...

Se não tem competência para dar atenção e ensinar um animal não tenha um.
Compre um ursinho de pelúcia ou Tamagotchi.
Choque eu vejo como tortura para o animal. Não vejo crianças andando por ai tomando choques para aprender algo.
Vejo pessoas que por simples egoísmo quer ter o animal sem ter condições de cuidar.
(O maior pecado que o animal cometeu foi nascer belo) por isso os humanos o puni para se satisfazer e não pensa no animal

Anônimo disse...

em relação ao assunto, nada de crueldade, aplique o bom senso

https://www.youtube.com/watch?v=gdouEj4dZLE

esse video mostra o dono usando uma coleira de choques "anti latidos', provando que é absolutamente inofensiva

então...como a verdade prevalece, usando com bom senso, sou da opinião de que é um bom recurso de treinamento